Lettering: Técnica que vai muito além de uma letra bonita

Arte é uma excelente opção para produtos personalizados e exclusivos

Você pode não saber, mas em diversos momentos você está vendo o lettering em sua vida! A técnica está presente em embalagens de produtos, na capa de livros, em quadros e muito mais. A valenciana Marina de Paiva é uma apaixonada por essa arte e, após alguns anos no mercado de trabalho formal, hoje ela dedica seu tempo integralmente ao lettering e ganha a vida desenhando palavras.

Por definição, o lettering é o desenho de letras. Ele se faz presente quando, de alguma forma e em algum lugar, há uma combinação de fontes com cores, orientações e tamanhos diferentes ou numa mensagem através de uma combinação de letras. Para Marina, o crescimento da técnica está atrelado ao aumento da procura por produtos artesanais, feitos à mão, personalizados, com carinho, não mecanizados e exclusivos.

Apesar de ter ganhando força no Brasil nos últimos anos, essa arte sempre existiu e está marcada em nossa história.

– Desde que existe escrita existe lettering. Já vimos nos livros de história aquelas páginas de livro
antigo, tudo decorado, tudo com letras diferentes. E isso já é um lettering – frisou a artista.
Marina utiliza a técnica de hand lettering, que é o desenho de letras feito à mão.

– Eu confecciono à mão às fontes que eu uso e isso me expande as possibilidades. Uma letra nada
mais é do que um símbolo e, assim como um ícone, passa uma mensagem. Então, a escolha uma fonte
mais grossa, mais fina ou mais tombada confere características diferentes para o que está sendo
passado – disse.

A paixão de Marina por desenho é antiga. Ainda em Valença, fez aulas de desenho dos 7 aos 15 anos. Formada em Engenharia de Produção, acabou se afastando da arte por conta dos vestibulares e trabalho. Mas, no ano de 2017, ao trabalhar com Marketing, reencontrou seu talento e descobriu que a descobriu que o que antes era uma brincadeira de escrever frases e recados já possuía um nome.

– Eu sempre fiz lettering sem saber que eu fazia. Até achei umas telas antigas na minha casa, onde eu
escrevia ao invés de pintar. Escrevia em beira de caderno e descobri que eu sempre gostei disso.
Quando em 2017 eu descobri que era uma metodologia, que tinha uma técnica, que tinha como eu
aprimorar, eu comecei a estudar – disse Marina.

Hoje ela vive do lettering realizando ilustrações em paredes, quadros personalizados, trabalhos de identidade visual, logomarca e tudo que envolve caligrafia e tipografia. Além de utilizar o lettering em seus trabalhos, ela também ensina através de oficinas, passando seus conhecimentos sobre a metodologia e as técnicas. Em Valença, ela realizou a primeira oficina no mês de junho, no Empório Rural Valença. O sucesso foi tanto que a próxima já tem data marcada.

Então anote na agenda: dia 13 de julho, no Empório Rural Valença, tem oficina de lettering com a Marina. Os interessados devem entrar em contato através do Instagram ou Facebook do Empório Rural Valença para garantir seu lugar. Mas atenção: as vagas são limitadas! Então, corre para garantir sua
presença!

Curta e compartilhe nas redes sociais:
error
                           
Comentários

Leave a Reply